All for Joomla All for Webmasters

Cachorro na neve.

Pensando no frio, o Eu Amo Cães… ajuda você a manter seu cachorro bem quentinho. Imagem ilustrativa. (FOTO: Flickr//Pauly_march)

Alguns cachorros possuem pelagem longa, o que faz com que tenham um agasalho ótimo. Outros, de pelos curtos, chegam a tremer nas baixas temperaturas. Surge a dúvida: como aquecer meu lindo cão? Confira nossa lista com diversos modos de aquecer seu cachorro para evitar o frio.

1 – Deixe um local adequado e aquecido.

Pode parecer simples, mas a dica é muito importante. Para os cães que moram em casas, principalmente, é preciso ter casinhas. Coloque panos, papelão e outros, caso seja necessário. Sempre mantenha tudo em locais cobertos, livres de chuva.

2 –  Use caminha.

Normalmente é mais usada para os cães que dormem dentro de casa, ou em apartamento. Também podem ser usadas dentro das casinhas. É bom que se coloque um cobertor, para diminuir o frio.

3 – Vista roupinhas.

Diferentemente do que muitos afirmam, alguns cães precisam de roupinhas, que devem ser simples. Os de pelo curto, os idosos e os magrinhos são os que devem usá-las. Em cachorros mais gordinhos ou peludos, não é necessário. É só ver se está ou não sentindo frio. Alguns animais tiram a roupa, caso sintam-se incomodados. Tecidos sintéticos e de lã podem causar alergia. Não use sapatos!

4 –  Tome mais cuidado com banhos.

É aconselhável perguntar ao veterinário sobre a frequência de banhos. Alguns recomendam que essa fique menor. Fique atento aos horários e secagem adequada e não deixe o animal no frio.

5 – Faça exercícios com o cachorro, sempre.

Sempre recomendamos, por aqui, exercícios. No frio, mais ainda. Brincadeiras simples, como um correr atrás da bolinha, ajudam muito!

6 – Tenha cuidado com as tosas.

No inverno, evite tosar o seu animal. Caso seja realmente necessário, não tose muito. Em caso de dúvida, pergunte ao médico veterinário. Ao tosar, o uso de roupas fica ainda mais aconselhável.

Banho canino.

Cuidado com banhos, tosas e passeios. (FOTO: Flickr//adria.richards)

7 – Pense se o horário de passeios está adequado.

Tudo bem que, às vezes, não há tempo para escolher o horário de passeio mais adequado, mas é muito bom, caso seja possível, preferir horários menos frios – o que não significa passear nas horas mais quentes do dia.

8 – Esteja atento aos sinais de frio.

É muito importante perceber se o cachorro está com frio para verificar se todos os cuidados tomados estão sendo aplicados da maneira correta.  Alguns dos sinais são: tremedeira; e focinho, orelhas e patas muito gelados.

Com essa lista, certamente você tem nas mãos uma boa aliada para proteger seu cachorrinho amado do frio. Ainda mais agora, que o inverno está quase chegando. Deu para perceber que os cuidados são simples, e essenciais. Facilmente, você protege e torna seu cachorro muito mais saudável, menos disposto a problemas.

O mais importante é aproveitar o seu cãozinho da melhor maneira. Vocês estão prontos para o inverno?

Fonte: http://www.euamocaes.com/2012/06/8-maneiras-de-proteger-seu-cachorro-do.html