All for Joomla All for Webmasters

 

A maioria dos cachorros têm diarreia pelo menos uma vez na sua vida. A diarreia é um dos problemas mais comuns que afetam os cachorros, e é uma percentagem significativa das visitas ao veterinário. Embora na maioria dos casos a diarreia canina não seja grave e resolve-se sem necessidade de atenção veterinária, o problema pode ser desagradável tanto para o cachorro como para o seu dono, pelo que é importante saber o que fazer quando o nosso amigo de quatro patas está a sofrer desta doença. Neste artigo explicamos-lhe como tratar de uma diarreia canina leve.

 
Trate de encontrar a causa:

 
Uma das causas mais comuns é comer lixo ou comida estragada. No entanto, a diarreia canina também pode ser causada por condições médicas específicas do seu cachorro ou por a ingestão de substâncias tóxicas.
Se sabe ou suspeita que o seu cachorro ingeriu uma substância tóxica:

 
Leve-o a uma clínica veterinária de imediato para que possam fornecer-lhe tratamento o mais cedo possível. Também é recomendável que leve o seu cachorro ao veterinário o mais depressa possível se estiver a apresentar outros sintomas preocupantes, como febre, letargia, perda de peso ou dor abdominal.

 
Tratamentos caseiros:

 
Se o seu cachorro não parece estar a sofrer de uma condição médica e se não ingeriu nenhuma substância tóxica, a diarreia pode provavelmente ser tratada em casa. Em primeiro lugar, certifique-se que o seu cachorro está a beber água com regularidade para evitar a desidratação.

 
Soluções alimentares:

 
Poderá testar e adicionar um probiótico em pó na água do seu cachorro, ou alimentar o seu cachorro com uma marca de alimentos saudável, que inclua probióticos em seus componentes.

 
Limpeza:

 
Esvazie e limpe os pratos ou tigelas onde o seu cachorro se alimenta várias vezes ao dia.

 
Jejum:

 
Punha o seu cachorro em jejum durante 12 horas ou até ficar completamento “vazio”. Se as fezes são volumosas e continuam inclusive quando se supõe que o cachorro devia estar “vazio”, consulte o seu veterinário, pois pode ser uma infeção bacteriana.

 
Alimente-o com abóbora enlatada 100% pura:

 
Com isto, não nos referimos ao pastel ou puré da abóbora que contém açúcares e manteiga, mas abóbora pura (sem mais ingredientes). A maioria dos cachorros adoram o sabor da abóbora, para além disso é uma fibra única que ajuda a regular o intestino. Esta comida vai causar cor nas fezes.

 
Dê-lhe alimentos macios:

 
Pode também dar-lhe um pouco de frango cozido (desfiado depois de cozido) e arroz branco. São ambos alimentos macios que ajudarão o manter o seu cachorro hidratado.

 
Restabeleça pouco a pouco a dieta habitual do cachorro:

 
Lentamente, pode fazer com que o seu cachorro retome os hábitos alimentares que tinha antes da doença. Se a diarreia voltar, depois do seu cachorro ter regressado à sua dieta habitual, consulte o seu veterinário de imediato!

 
Experimente com medicamentos:

 
Veja os ingredientes e compostos que contém o medicamento obtido. Leia também cuidadosamente os avisos associados com o produto.

 
Pergunte antes ao seu veterinário:

 
É sempre uma boa ideia consultar o seu veterinário antes de administrar qualquer tipo de tratamento, incluindo os medicamentos naturais. Depois de ter a aprovação do seu veterinário, administre o medicamento de acordo com as instruções do produto.

 

 

Consulte o veterinário:

 
Se o seu cachorro continua a sofrer de diarreia e/ou começa a mostrar outros sintomas, leve o seu animal de estimação ao veterinário, uma vez que pode ser uma condição médica subjacente que requer um tratamento específico.

 

 

Fonte: http://animais.umcomo.com.br/articulo/como-tratar-da-diarreia-do-meu-cachorro-1610.html