All for Joomla All for Webmasters

 

Quando temos um cachorro em casa que tem livre acesso ao jardim, precisamos redobrar a atenção, não só com os insetos que podem picá-los, como as aranhas, que o contato pode até ser fatal, mas também com as plantas que cultivamos, que nem imaginamos que possam representar um risco. Algumas muito comuns em casas em todo Brasil, infelizmente, entram nessa categoria.

A Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ) preparou uma lista com 16 plantas que são facilmente encontradas em jardins, porém são tóxicas para seu cachorro.

Todo cuidado é pouco quando o assunto é a saúde de nossos animais.

Antúrio: Possui ocalato de cálcio, princípio ativo com riscos à saúde. Sintomas: Queimação de mucosas, asfixia, diarreia, vômitos, etc.
Avenca: Não é nativa do Brasil, mas é cultivada como planta medicinal. Alerta: Pode causar câncer.

Azaleia: O princípio ativo é andromedotixina, um glicosídeo cardiotóxico, cuja ingestão pode causar distúrbios digestivos.

Bico-de-papagaio: O princípio ativo Latex irritante tem aspecto leitoso. Alerta: O contato causa lesões cutâneas e conjuntivite.

Comigo-ninguém-pode: Com múltiplos mecanismos de toxicidade, incluindo ráfides de oxalato de cálcio, irritam as mucosas.

 Copo de leite: Possui Oxalato de cálcio e Saponinas. Sintomas: Pode causar irritação das mucosas, dor severa e edema de glote.

Coroa de Cristo: A substância tóxica é o Látex irritante, composto por flavonoides e triterpenos. Sintomas: Dor, vermelhidão e inchaço tecidual.

Espada-de-São-Jorge: Contém glicosídeos pregnânicos e saponinas esteroidais. Sintomas: Dificuldade de movimentação e respiração.

Espirradeira: Os Glicosídeos cardioativos causam arritmia, diarreia, paralisia, coma e morte. Observados de 1 a 24 h após ingestão.

Fumo bravo: O principal composto tóxico é a Solasodina. Sintomas: Diarreia, gastrite, náuseas, vômitos, sintomas neurológicos, etc.

Lírio: Toda a planta é tóxica. Sintomas: Irritação oral e ocular, dificuldade de deglutição e alterações renais e   neurológicas.

Lírio da paz: Toda a planta é tóxica. Sintomas: Irritação oral e ocular, dificuldade de deglutição e alterações renais e neurológicas.

Maconha: O principio ativo é o THC, agindo no sistema nervoso central. Sintomas: Depressão, desorientação, ataxia e coma.

Mamona: O principio ativo é a ricina nas sementes e nas folhas é um alcalóide. Sintomas: Êmese, diarreia, cólicas, etc.

Tomate verde: O alcaloide tomatina se transforma em compostos inertes em frutos maduros. Sintomas: Arritmias, diarreia, êmese, etc.

Violeta: Toxicidade nos rizomas e sementes. Princípio ativo são violina, acido tânico e salicílico.

 

 

 

 

É muito importante se informar e repensar as escolhas de seu jardim, principalmente porque é possível construir um espaço pet friendly, onde as plantas na verdade fazem bem ao seu animal e são remédios naturais.

Fonte: Portal do Dog