Seu cachorro é daqueles que saem fazendo xixi e deixando sua marca em todos os lugares da casa, da mesa ao sofá e geladeira? Essa não é uma situação que nos deixa tranquilos e felizes, e sim, é possível resolver. Afinal, ninguém gosta de ficar com a casa cheirando urina e os móveis estragados.

O que é preciso entender é que esse comportamento de demarcação é instintivo e mais frequente em cães machos não castrados. Pode acontecer, também, com machos castrados, e muito raramente com fêmeas. Lá em casa, temos 3 (1 menina e 2 meninos) e nossa pequena é demarcadora, então faz xixi por todo canto.

Por que isso acontece?

Esse tipo de comportamento pode ocorrer quando outro cão ou gato, ou até uma pessoa desconhecida, está visitando ou sendo introduzido na casa. É a forma de o cachorro dizer que chegou ali primeiro e que é o “dono” daquele território.

Também é possível que isso ocorra quando o cão é colocado ou entra em um cômodo no qual não está familiarizado e não costuma ter acesso, por isso, não tem o cheiro dele, somente o do dono ou de outras pessoas.

Isso pode ocorrer com móveis, objetos ou tapetes novos que ainda não têm o cheiro do grupo (família) ou o do pet.

Como evitar esse problema?

A castração antes da maturidade sexual é a forma mais indicada para prevenir esse problema, porém, também é indicada caso o seu cão já seja adulto e não castrado, pois pode reduzir, e muito, o problema.

O recomendado é evitar dar atenção ao pet quando ele estiver urinando e não limpar o local na frente dele. Sempre que o vir fazendo xixi no lugar certo, no tapete higiênico, elogie e dê um petisco. Com o tempo, ele associará o local a coisas boas, pois sabe que está agradando o dono e que isso significa ser recompensado.

Importante: não dê broncas, pois ele pode entender que não deve fazer xixi na frente das pessoas ou pior, que fazer xixi é errado, o que pode causar problemas de saúde, como infecção urinária.

Além disso, você pode pedir a ajuda de um especialista, pois é sempre mais fácil treinar o cachorro com ajuda profissional.

Dicas

• Deixe o banheirinho do pet o mais legal possível, para atrair a atenção dele e em um ambiente longe da caminha e do local onde ele come e brinca.

• O banheiro dele deve estar sempre limpo, pois cães gostam de limpeza e será mais atraente para eles se aliviarem em um local limpo e confortável. Por isso, é importante usar uma tapete absorvente para que esteja sempre sequinho quando ele for utilizar.

• Em casos mais críticos, onde já se tentou de tudo e o cão continua fazendo fora do lugar, estragando móveis e utensílios, a indicação é pelo uso das fraldas descartáveis, em formato de faixa para os meninos. São anatômicas e super confortáveis, não assam, não mancham o pelo e garantem de 6 a 8 horas de tranquilidade, podendo ser usadas 24 horas por dia (ou pelo menos enquanto não estamos em casa, quando o comportamento fica mais crítico). Salva a vida nos passeios em locais fechados ou em visitas na casa de amigos e parentes.

O que precisamos entender é que a demarcação de território se trata de um comportamento natural nos cães, que precisamos respeitar, mas não temos que aceitar. Temos alternativas e soluções para diminuir o impacto desse comportamento na vida da família, já que eles estão cada vez mais frequentando a casa toda, nossa cama e nosso sofá. Amamos cachorro mas não precisamos ter a casa cheirando xixi de cachorro. É possível sim e nascemos para isso: inspirar uma convivência sem limites (e sem sujeiras!) entre pessoas e cães.

Esperamos que nossas dicas ajudem no seu dia a dia com seu pet.

Até o próximo post 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *