All for Joomla All for Webmasters

 

Pessoas que têm um cão em casa já ouviram em muitas ocasiões algum convidado dizer que a casa ou a cozinha cheira a cachorro, apesar de ter uma boa limpeza. Também há muitos casos de pessoas que se negam a adotar um cão argumentando que eles fazem muita sujeira. Entretanto, com um pouco de organização, você poderá ter uma casa limpa.

Sim, é possível!

Para que a convivência com o nosso pet na hora de expor a limpeza da cozinha seja um pouco mais simples, há uma série de conselhos básicos que podem ser levados em conta:

  • Podemos começar por escolher os tecidos adequados para uma limpeza simples e regular, seja o tecido dos tapetes, dos carpetes, etc. É bom evitar a compra de tecidos muitos folgados, que acumulam mais o cheiro.
  • Para combater as temíveis pulgas, o melhor é utilizar um produto que não tenha cheiro, que não seja tóxico para as pessoas e que não manche. O ácido bórico é a melhor opção. E aplicar sempre, com regularidade, o anti-pulgas/carrapato indicado pelo veterinário de confiança.
  • A superfície do chão da cozinha, e em geral de toda a casa tem que ser fácil de limpar, resistente a limpeza frequente e que esteja preparada para não refletir os rastros procedentes das unhas e almofadinhas do nosso pet.

Organização e… ânimo para deixar a casa limpa!

  • A vida corrida é nosso maior inimigo. Dar conta da manutenção da casa nessa rotina frenética que vivemos não é uma tarefa fácil. Precisamos tornar prático o dia a dia, porque a sujeira se limpa de forma mais fácil quando ainda não deixou manchas e aromas permanentes.
  • É normal utilizar o amoníaco como um dos produtos de limpeza caseiros mais comuns. Entretanto, seu aroma é parecido com o da urina, por isso é pouco recomendável. O melhor é usar neutralizadores de aroma a base de enzimas que podem ser encontrados em lojas especializadas, como o nosso Eliminador de Odor de Urina, que além de eliminar completamente o mau odor, quebrando as moléculas da ureia que é a grande vilã do mau cheiro, deixa um aroma suave e agradável no ambiente.

Locais que requerem maior limpeza

  • Os locais que exigem uma maior limpeza costumam ser onde o animal dorme, onde come e em sua área de brincadeiras . Estas zonas devem ser limpas pelo menos 2 vezes por semana. Por isso recomendamos o uso de um produto de pronto uso, para facilitar a higienização.

Outra questão a ser considerada é a troca de pelos, sobretudo se tivermos escolhido um pet mais peludo. A época em que ocorre as mudanças é no outono e na primavera. Recomenda-se a escovação com escovas próprias, já que recolhem os pelos mortos. Além disso, o banho, é claro!

É fundamental que o nosso pet tenha um lugar habitual onde dormir e que possa se limpar com facilidade. Sua cama deve ser feita de materiais que admitam uma limpeza fácil e que não acumule muita sujeira com facilidade. Se tiver uma casinha, a limpeza costuma ser mais fácil e rápida, pois costumam ser feitas de materiais que não acumulam sujeira e nem cheiros. Para camas feitas de tecido, sugerimos materiais impermeáveis e com capas removíveis para facilitar a higiene.

O mau cheiro, como evitá-lo?

O cheiro dos nossos amigos são provenientes de processos químicos que seu organismo faz. Para evitar que a casa fique com esse cheiro, temos a opção do Banho Seco, ideal para manutenção do banho, retira todo mau cheiro, oleosidade e pelos mortos, deixando um aroma suave (dá vontade de apertar e dar muito beijo <3).

No referente ao hálito de nosso cão, também característico e desagradável, nas lojas especializadas podemos encontrar muita variedade de produtos para limpar e refrescar a boca de nossos amigos como petiscos, brinquedos que ajudam a manter os dentes limpos, entre outros.

Para recolher os pelos soltos, Indicamos aspirar algumas vezes por semana as superfícies onde o nosso pet fica, como tapetes e carpetes. Se tivermos piso ou assoalho, o ideal é um esfregão ligeiramente umedecido. O aspirador também é um excelente aliado.

Para tirar os pelos de todos os tipos de tecidos, objetos, cortinas, ou sofás, podemos utilizar uma esponja úmida ou um rolinho adesivo, que encontramos em lojas especializadas.

Um toilete só pra eles 🙂

Delimitar um único local para que faça suas necessidades é a melhor coisa para que o pet entenda onde deve fazer e não saia fazendo onde bem entender. Indicamos delimitar o espaço com tapetes higiênicos, numa área que ele consiga rodar para fazer suas necessidades. Higiênicos e Super Absorventes, os tapetes garantem patas secas e menos odor, sendo a opção mais prática de manter o ambiente limpo e sem cheiro.

Para os cães que insistem em fazer xixi fora do lugar, demarcando o ambiente, uma opção que salva a vida são as fraldas descartáveis, feitas especialmente para eles. Confortáveis e anatômicas, garantem 6 horas de absorção, onde o pet fica limpo e seco, sem risco de assaduras, e a casa livre de xixi espalhado.

Seguindo nossas dicas você poderá deixar sua casa limpa e sem o temível cheiro de cachorro 🙂